top of page
Buscar

Moção de Apoio aos professores do IFC.



O Sinasefe Bento Gonçalves divulga a Moção de Apoio a professora de Artes, Aline Meyer, e o professor de História, Carlos Eduardo Bartel, docentes do Instituto Federal Catarinense (IFC), os quais têm sido vítimas de perseguição política nas redes sociais, desde as manifestações de 09 de junho de 2022.


Na ocasião das manifestações de 9 de junho do ano corrente, quando servidores de vários institutos federais do país protestaram contra o bloqueio de 14,5% do orçamento de universidades e institutos federais de ensino pelo governo Bolsonaro, os docentes do IFC paralisaram as atividades por 24 horas e estudantes se uniram ao ato. Foram organizados cartazes, debates e transmissões nas redes sociais. Durante a manifestação, o professor Carlos postou uma foto no seu perfil do Instagram, ao lado da professora Aline, ao fundo aparece uma bandeira do Brasil com pintura propositalmente inacabada, simbolizando a falta de recursos para a educação, e a hashtag #TiraAMãodoMeuIF.


A partir disso, perfis bolsonaristas iniciaram uma campanha difamatória contra os docentes. Os professores, por sua vez, relatam que se sentem intimidados e tiveram suas vidas e rotinas marcadas por essas acusações. Atualmente, os docentes sofrem inclusive um processo administrativo disciplinar.


Leia a nota em detalhe clicando no link.



コメント


bottom of page