top of page
Buscar

Mesa de Conjuntura terá José Genoino


A Mesa de Conjuntura do 34º Congresso do SINASEFE, prevista para acontecer a partir das 9 horas do 2º dia do Congresso (13/05, sexta-feira), contará com a presença do militante José Genoino como palestrante.



José Genoino Neto nasceu no dia 3 de maio de 1946, no município de Quixeramobim-CE. Iniciou sua militância política em 1967, no Movimento Estudantil, quando cursava as faculdades de Filosofia e Direito na Universidade Federal do Ceará (UFC).



No ano seguinte (1968), como liderança da Une, participou do 30º Congresso da entidade, realizado em Ibiúna-SP. Naquela ocasião, foi preso por agentes do Deops-SP junto com centenas de outros estudantes.



Logo após este episódio, e em decorrência do decreto do Ato Institucional nº 5 (o famoso AI-5), Genoino se viu obrigado a abandonar os estudos e mudar-se para o estado de São Paulo. Vivendo clandestinamente, seguiu na luta em oposição à Ditadura Militar, militando à época no Partido Comunista do Brasil (PCdoB) e participando da resistência armada ao Regime Militar.



Em 1970 passou a integrar a Guerrilha do Araguaia, servindo a este propósito até 1972, quando foi preso pela repressão em decorrência das grandes ofensivas militares na região. Julgado e condenado em São Paulo pela Auditoria da Justiça Militar, cumpriu pena como preso político por cinco anos, passando por diversos cárceres do país.


Após a soltura, retomou sua militância e seguiu engajado em movimentos sociais e com o processo de redemocratização. Filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT) desde o início da década de 1980, Genoino fez história política ocupando diversos cargos públicos até o ano de 2013, quando renunciou ao seu mandato parlamentar.



As palestras da Mesa de Conjuntura precederão as apresentações das teses do mesmo tema, que foram enviadas pelas(os) sindicalizadas(os) para exposição e deliberação dentro do 34º CONSINASEFE.

Comments


bottom of page